Parede de vidro e requinte no interior

15/09/2015 - Arquitetura e Decoração
Fotos por: Jomar Bragança

No mínimo primorosa. Adjetivos não faltam à requintada, detalhada e selecionada decoração projetada por Gislene Lopes para esta casa de três andares implantada em um condomínio particular na capital mineira. O rico projeto de decoração, sem dúvida, valorizou a arquitetura funcional e de linhas bem marcantes assinada por Luiz Antônio Lanza. Distribuída em 1.058 metros quadrados de área construída, a residência de um jovem casal sem filhos atende, de forma surpreendente, às demandas funcionais dos moradores. No primeiro piso, foram acomodados os espaços sociais e de lazer, dispostos nos arredores da piscina. No segundo, a área íntima, que ficou toda preservada e, no subsolo, academia, adega, garagem, área de serviço, sauna e casa de máquinas.

 

Todos os ambientes, sociais e pessoais, são confortavelmente dotados de espaços ultraconfortáveis, móveis de design e obras de arte. Grande parte da casa recebe iluminação natural a partir das imensas paredes de vidro, do piso ao teto, que compõem sua estrutura. Do living de pé-direito duplo, tem-se total visão dos jardins frontais e laterais da construção. Além da abundante entrada de luz natural, o projeto luminotécnico, executado pela Iluminar, confere conforto visual a partir das diferenciadas cenas elaboradas para o dia e a noite.

 

De forma geral, os revestimentos usados seguem uma linha clássica com linguagem contemporânea desprovida de modismos, enquanto o mobiliário pontua os ambientes com peças marcantes. Para Gislene Lopes, o maior desafio foi valorizar e humanizar a construção de natureza superespaçosa, sem perder em sofisticação e autenticidade, assim como o aconchego e o conforto necessários.

 

Texto: Luciana Avelino
Projeto de decoração: Gislene Lopes